Clínica de Hardware

Instalação, manutenção, reparação e assistência técnica a Hardware e Software

Últimos assuntos

» Ponto G em rato de computador
Sab 13 Fev 2010 - 1:08 por Admin

» Ponto G em rato de computador
Sab 13 Fev 2010 - 1:08 por Admin

» Panda Security's weekly report on viruses and intruders
Sex 22 Jan 2010 - 15:11 por Admin

» Estatísticas - Top 5 Browsers em Portugal
Qua 13 Jan 2010 - 17:36 por Admin

» Informe semanal de Panda Security sobre virus e intrusos
Qui 31 Dez 2009 - 16:15 por Admin

» Proteja o computador de prendas indesejadas
Dom 20 Dez 2009 - 2:54 por Admin

» Upgrades a duas máquinas de 32 e 64 bits
Sab 28 Nov 2009 - 2:16 por Admin

» Actualize o seu PC para Windows 7
Qua 18 Nov 2009 - 17:33 por Admin

» Firefox faz 5 anos
Seg 9 Nov 2009 - 17:31 por Admin

Navegação

Abril 2017

SegTerQuaQuiSexSabDom
     12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Calendário Calendário

Flux RSS


Yahoo! 
MSN 
AOL 
Netvibes 
Bloglines 

Top dos mais postadores

Estatísticas

Os nossos membros postaram um total de 92 mensagens em 91 assuntos

Temos 1 usuário registrado

O último usuário registrado atende pelo nome de Admin

Quem está conectado

1 usuário online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 1 Visitante

Nenhum


[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 9 em Qui 10 Jun 2010 - 0:05

Conectar-se

Esqueci minha senha


    Conficker: Chegou o vírus informático que ninguém sabe matar

    Compartilhe
    avatar
    Admin
    Admin
    Admin

    Mensagens : 93
    Data de inscrição : 02/02/2009
    Localização : Estremadura

    Conficker: Chegou o vírus informático que ninguém sabe matar

    Mensagem por Admin em Ter 22 Set 2009 - 22:13

    Se ainda não foi atingido pelo vírus que está a ameaçar a Internet então esteja atento. O Conficker deverá infectar cinco milhões de computadores só na Austrália. Saiba como defender-se.



    Se tem o Windows e o anti-vírus devidamente actualizados a praga que afecta por estes dias a Internet poderá passar-lhe ao lado. Mas se não é este o seu caso, tem razões para estar preocupado. O Conficker foi concebido para roubar informação pessoal e sensível como por exemplo palavras-passe e números de cartões de crédito.

    Até ao momento, os peritos em segurança informática dizem que é "quase impossível" derrotar o Conficker, o vírus que poderá infectar mais de cinco milhões de computadores só na Austrália, onde até se teme que possa parar a Internet, noticia hoje o "The Sidney Morning Herald ".

    "É ponto assente entre os peritos em segurança que o Conficker é a maior ameaça jamais vista. Provou ser extremamente resistente. É quase impossível removê-lo. Os especialistas ainda não foram capazes de decifrar o código na base do vírus", afirma Rodney Joffe, director do Grupo de Trabalho Conficker , que reúne a Microsoft, Verisign, AOL, Symantec, F-Secure, entre outras grandes companhias.

    Procuram-se vivos ou mortos

    Detectado pela primeira vez em Novembro de 2008, este entendimento absolutamente invulgar alcançado entre as maiores empresas de tecnologia de informação do Mundo, pode ser interpretado como um sinal claro de que há razões para estar muito preocupado.

    A Microsoft até já ofereceu uma recompensa de 250.000 dólares (€170.368) a quem forneça informações que conduzam à identificação dos autores do Conficker.

    Números

    €1.656.452
    Prejuízo registado pela Câmara Municipal de Manchester, em Inglaterra, na sequência do ataque do Conficker em Julho último, que paralisou a rede informática impedindo a autarquia de cobrar centenas de multas.

    Mas não são apenas os utilizadores domésticos que têm razões para estar preocupados. As redes informáticas das empresas e do Governos, também se encontram entre as vítimas desta praga que alastra rapidamente entre computadores e servidores devido a uma falha do sistema operativo Windows.

    Jogo do rato e do gato

    E nem é preciso realizar uma operação específica para propagar a infracção através da rede. Tudo o que os utilizadores têm de fazer é ligar o seu computador. (Veja o vídeo no final do artigo)

    Rodney Joffe, que também trabalha para a empresa norte-americana de telecomunicações Neustar, explica que "a extraordinária resistência do Conficker reside na sua capacidade de impedir os computadores atacados de executar os programas anti-vírus".

    "Mesmo que uma pessoa apague tudo o que está no disco rígido e volte a instalar o sistema operativo, basta transferir para o computador os ficheiros pessoais previamente guardados, para que este volte a ficar infectado", alerta Rodney Joffe.

    Desde de que apareceu pela primeira vez, em Novembro de 2008, que os gurus da segurança, cada vez que pensam ter encontrado uma solução, vêem os piratas informáticos lançar uma nova versão do vírus, obrigando-os a começar tudo de novo.

    Quem vencerá este jogo do rato e do gato, ninguém sabe. Até lá, continua a engrossar a lista de empresas e organismos públicos que já perderam muito dinheiro à conta desta praga.

    Veja se está infectado?
    Para verificar se o seu computador foi atacado pelo Conficker, basta entrar no site do Grupo de Trabalho Conficker e aceder à página especialmente concebida para este efeito.
    Interprete a imagem que surge no ecrã e fique a saber se o Conficker já infectou o seu computador.



    Fonte: Jornal Expresso on-line
    Por: Carlos Abreu (www.expresso.pt)
    19:04 Terça-feira, 22 de Set de 2009
    [center]

      Data/hora atual: Qua 26 Abr 2017 - 9:50